Subexplicado

Subexplicado

Com vocês o @eus2letras: o meu #studygram

Certo dia eu estava à toa pelo youtube, assistindo vídeos aleatórios e de alguma forma eu cheguei até o canal da Luana Carolina (instagram: @luanacarolinastudies), onde ela estava mostrando alguma coisa sobre caderno organizado e bonito. Estava feito: eu tinha acabado de cair no fabuloso mundo do #studygram, um caminho sem volta.

Assisti uns mil vídeos da Luana, comecei a segui-la no instagram (junto com mais um monte de outros #studygramers) e comecei a dar um pouco mais de atenção aos meus resumos de estudos. Aí um dia eu achei meus resumos tão bonitinhos que resolvi oferecê-lo online pro pessoal do facebook que está no curso de letras e adivinha só: eles também acharam que estava bonitinho e falaram que eu devia ter um #studygram. Aí, minha gente, a sementinha foi plantada e eu reguei com tanto empenho que nasceu o @eus2letras e hoje eu vim apresentá-lo ao mundo (a.k.a. você aí que está lendo esse post perdido nesse blog semi-abandonado).

E o que tem no meu #studygram

Eu decidi fazer uma conta nova do Instagram só pra postar sobre meus resumos da faculdade, meu amor por papelaria, minhas dicas de estudos, minha tentativa de fazer brushlettering, meu planejamento com planners e minha iniciação no mundo do Bullet Journal… Enfim, todo esse mundo de instagram de estudos que você já conhece – e se não conhece vai conhecer agora!

Coisas fofas para apaixonados por papelaria


O estojo da foto é da Kipling, modelo Gitroy. Adoro ele, cabe tudo e mais um pouco, de uma forma super organizada

Se você já acompanha o Subexplicado e me conhece, sabe que eu tenho um amor imensurável por coisinhas de papelaria, cadernos, canetas coloridas, material de escritório… Amo e não é pouco. Então eu aproveito meu espaço que já tem essa temática "escolar" para mostrar as minhas canetas, cadernos, acessórios e ainda conto sobre a minha experiência com eles. O review das canetas stabilo pastel que estão na foto acima você encontra nesse post.

(tentativa de) Brush Lettering

Junto com o amor por fazer resumos lindos e tudo mais, surgiu um amor por brush lettering, que eu estou tentando aprender e vou compartilhar dicas lá no @eus2letras. Estou pensando em trazer esse conteúdo aqui pro blog também, o que vocês acham?

Organização, Planners e Bullet Journal

O meu amor por planners não é segredo pra ninguém, né? Depois de todos os planners que eu já disponibilizei aqui no blog, não tem nem como esconder minha "mania de planejamento". E sabem de uma coisa? Essa nova aproximação a esse mundo de coisas de papelaria e tudo mais me deu muita vontade de voltar a fazer planners pra cá! Não estou prometendo nada, mas 2019 não está tão longe, não é?
E além de planner, meu amor agora também está direcionado a bullet journals. Ainda não tenho um, praticamente falando. Tô fazendo experimentos (como esse aí da foto) em um caderninho pontilhado que tenho. Mas em breve vou montar meu bujo de verdade e volto pra compartilhar com vocês!

Meus Resumos, é claro!

Studygram respira resumos, gente! É um mais lindo que o outro. Tem sobre tudo, dos mais variados estilos. Inclusive, se você é vestibulando, concurseiro, estudante ou sejá lá o que for, vale a pena pesquisar hashtags com o nome do seu curso, prova ou concurso que pretende fazer, porque com certeza você vai encontrar muito material bom por lá, prontinho pra você estudá-lo.

Os meus resumos são da área de Letras, que é o curso que eu faço. Aida pretendo fazer resumos sobre estudos de Inglês também, e quando eu começar, de Espanhol.


E você, gosta desse tipo de instagram específico sobre um tema? Qual é o seu tema preferido?

Me conta tudo nos comentários. E se você gosta desse mundo de estudos, papelaria, planejamento e canetas coloridas, não perde tempo e vem me seguir no @eus2letras. Eu vou amar te receber por lá!

Planner Realize 2018 – Ateliê Donna Rita
Minhas últimas leituras – 6 livros para ler nas férias
Troquei meus livros por um Kindle

Decorando o Apê: Meu Cantinho do Café

Desde que eu fiz o Tour pelo Apê, antes de me mudar, prometi que mostraria os detalhes da decoração, conforme a gente fosse decorando. Só que por mais incrível que pareça, a gente já mudou há mais de um ano (o tempo passa tão rápido!!!) e esse é o primeiro post que estou fazendo para compartilhar com vocês.

Eu não gostei muito das fotos que fiz, pois o dia ainda estava começando (era umas 7AM quando eu fotografei) e o cantinho não estava com a melhor iluminação, então não reparem na qualidade duvidosa das fotos. Eu tô mostrando elas com a melhor das intenções, então compensa, né?

Quis compartilhar esse pedacinho do apê com vocês porque enquanto eu estava idealizando ele, eu pesquisei muuuuito no google para encontrar fotos reais de cantinhos do café – e apesar das fotos do pinterest para esse assunto serem lindas e inspiradoras, a grande maioria são de editoriais de revistas gringas, então um montão de coisas que a gente vê nelas e são apaixonantes a gente não encontrar pra comprar aqui no Brasil. Por isso, também, vou linkar todas as lojas que eu comprei as coisinhas, assim se vocês gostarem de algo vão poder levar pro cantinho de vocês também!

O móvel e o espaço

Desde antes de nos mudarmos eu já imaginava um cantinho do café no apartamento. Mas ele não era nesse espaço. Na frente desse passa pratos que tem na cozinha, a planta decorada do apê sugere colocar banquetas – para usar o balcão como espaço para refeições. Mas eu sempre imaginei colocar um carrinho gourmet no local, para compensar a falta de espaço de bancadas da cozinha – sério, eu tenho que me virar nos trinta para cozinhar e tudo mais! Mas o carrinho que eu queria é muito caro e eu nunca comprei.

Para o cantinho do café eu queria um outro carrinho menor, tipo de chá, e queria colocá-lo na parede, entre o sofá e a mesa de jantar, com a cafeteira e os acessórios. Então eu ia comprar esse carrinho quando adquirisse a cafeteira. Mas quando a cafeteira enfim foi conquistada, eu já tinha caído na realidade e percebi que um carrinho próximo ao sofá ia atrapalhar a passagem e não seria nada prático.

E foi aí que eu comecei a pesquisar algumas opções mais baratas que o carrinho gourmet pra colocar em frente ao passa pratos, então eu encontrei esse móvel, que é o Aparador Buffet Retrô 90 e eu comprei na loja online da Marabraz. No fim das contas eu amei o resultado e só me arrependo de não ter optado por ele antes. Não é exatamente uma extensão da bancada, já que ele é mais baixo do que ela (tem a altura de uma mesa) e fica ocupado com a cafeteira e acessórios. Mas ele é um bom apoio para preparos rápidos do café da manhã (eu brinco que ele é o cantinho do café da manhã) e o tamanho ficou ótimo para o espaço.

A cafeteira – Nescafé Dolce Gusto Mini Me

Ela ficou na wishlist da nossa casinha por muito e muito tempo. Escolhemos a Dolce Gusto pela possibilidade de fazer vários tipos de bebidas, afinal o Arthur não gosta de café e eu apesar de gostar e beber, não sou nenhuma consumidora assídua – tanto é que antes de ter essa eu não tinha nenhum outro tipo de cafeteira ou coador em casa.

A gente ganhou a máquina através da assinatura de cápsulas da própria Dolce Gusto. Funciona assim:

Você faz a assinatura de 6 ou mais caixas de cápsulas, que vão chegar a cada dois meses na sua casa – e o pagamento também é cobrado a cada dois meses pelo cartão de crédito. Você pode escolher as cápsulas que você quer receber a cada ciclo, não fica preso aos sabores escolhidos inicialmente. E então, na primeira entrega vai vir a máquina que você escolheu – a minha é a Mini Me Preta junto com as caixas de cápsulas. Nas outras entreagas você vai receber apenas as cápsulas escolhidas. Então, você precisa ficar com esse plano por pelo menos um ano.

Também dá para ganhar a máquina no site comprando 36 caixas de cápsulas. Eu preferi a assinatura pois assim eu escolho os sabores de bebidas aos poucos e não repito as que provei e não gostei – achei mais interessante dessa forma.

No final das contas você vai mesmo ganhar a máquina, já que o preço das cápsulas no site e no supermercado é muito parecido – exceto quando há promoções no mercado e o preço das cápsulas cai – mesmo assim ainda compensa.

Uma coisa importante sobre a máquia: o plug da tomada dela é de 3 pinos e 20A (tem os pinos mais gordinhos do que o que vem tradicionalmente nos aparelhos). Achei importante registrar essa informação aqui porque eu não sabia disso e tive que sair correndo atrás de um adaptador quando a minha máquina chegou – e eu não achei, então eu troquei a tomada onde eu a ligo – o que é uma opção mais segura. Mas se eu soubesse teria feito a mudança com mais calma antes da máquina chegar.

Tanto o Arthur quanto eu ficamos muito satisfeito com a máquina, com a variedade de sabores e com as bebidas que experimentamos – claro que algumas mais que outras, de acordo com o nosso gosto. Aliás, eu estou pensando eu fazer um post sobre as bebidas em si e ir atualizando conforme for experimentando. O que vocês acham?

O Porta-Cápsulas Rosé Gold

Acho que quem tem a Dolce Gusto e gosta das bebidas diferentes que ela faz, além do café tradicional, sabe como é complicado organizar as cápsulas. Isso porque a maioria das bebidas (diferentes do café) usam duas cápsulas para ficarem prontas: uma de leite e uma da mistura que vai acompanhar (chai, chocolate, café…) e aí se a gente coloca as cápsulas soltas dentro de uma lata, por exemplo, acaba virando uma luta na hora de preparar a bebida, pois tem que encontrar a cápsula que faz par no meio de todas as outras. Então, pra mim, ter um organizador de cápsulas foi primordial. E eu amei esse rosé gold, da Future Utilidades. Eu comprei ele na Leroy Merlin.

Antes de comprá-lo eu coloquei as cápsulas nessa lata preta que apareceu nas fotos anteriores, que é uma lata linda, para chá, que comprei na Rede Angeloni. Ela ainda está com cápsulas pois comprei o porta-cápsulas aramado ontem e ainda não reorganizei as coisas. Mas dentro da lata estão apenas cápsulas que são usadas sozinhas, para evitar a odisséia de ter que caçar a cápsula-par.

O porta-pães de bambu

Bem acima do passa pratos tem um porta-pães de bambu (dá pra ver melhor na foto lá de cima, a que mostra o móvel todo), que olha, foi uma saga para encontrar o que eu queria no preço que eu podia pagar, então não tinha como não falar dele por aqui.

Já fazia um tempão que eu queria um acessório desses pra cozinha. Primeiro porque eu acho lindo – eu amo coisas de bambu e essa caixa com porta basculante, todinha em bambu, é tipo um caso de amor pra mim. Segundo porque a gente costumava largar o saco de pães jogado em cima do passa-pratos e ficava com aparência de bagunçado mesmo que a casa tivesse acabado de ser arrumada.

Sempre que eu via para vender era mais de 150 reais e eu achava esse preço bem caro. Até que eu fiz a assinatura das cápsulas e ganhei a máquina. Aí eu comecei a montar o cantinho do café e sabia que tinha que ter o meu porta-pães. E foi então que eu conheci a Rede Angeloni – e acabei comprando várias outras coisinhas além do porta-pães (como por exemplo a lata para chá e essa tábua de bambu onde está apoiada a cafeteira).

O porta-pães custou R$89,00 (bem mais barato do que os outros que eu pesquisei) e assim como todos os outros itens que comprei, é de excelente qualidade. A loja foi um achado e isso não é publi (quem me dera fosse, eu compraria a loja toda se pudesse! #angelonimepatrocina?), mas eu recomendo demais, o frete foi barato e chegou muito rápido.

Em cima dele eu deixo um regador esmaltado com plantinhas fake e uma cestinha com adoçantes, cacau em pó e canela, pra usar nas bebidas. A parede-lousa eu fiz com papel contact preto fosco.


E aí, pra completar tudo, tem um quadrinho com uma xícara de chá – que na verdade é a tampa de uma caixa para chá que eu ganhei da minha cunhada e é linda demais, e uma mason jar com açúcar, pra quem quiser adoçar as bebidas.

Apesar de ainda faltar um detalhe ou outro (como por exemplo a tomada que temos que puxar até esse local, pois ainda temos que deslocar a máquina até bancada quando vamos usá-la), acho que esse é o primeiro cantinho do apartamento que ficou pronto de verdade e que eu não to imaginando mais mil coisas que faltam comprar pra terminá-lo.

Quem me acompanha lá no instagram (e se você não se enquadra nesse grupo seleto de pessoas incríveis, corre lá: instagram.com/cami_mrtns) já percebeu que eu estou apaixonada por esse espaço. E eu também tenho compartilhado outros pedacinhos do apê por lá.

Espero muito que vocês tenham gostado desse post, que eu fiz com muito amor para inspirar vocês.
Me conta se você tem um cantinho do café na sua casa e o que você acha desses espaços. Adoro conversar!

Inspiração e Decoração no Homify
Home Office com Mesa Cavalete

Planner Realize 2018 – Ateliê Donna Rita

Desde o ano passado eu tenho usado o planner Donna Rita para me organizar e posso dizer que não conseguiria mais viver sem ele.
O do ano passado eu também mostrei por aqui (é só clicar pra ir lá conferir) e apesar de atrasada, vim mostrar o desse ano também.

Fiz um post bem detalhado para mostrar para vocês como ele é lindo e também toda a funcionalidade que ele traz para o dia a dia. Em um só lugar dá pra organizar a rotina, controlar as finanças, anotar compras feitas pela internet, período menstrual (pra quem menstrua, né?), organizar metas e projetos…. É uma infinidade de coisas em um acessório que você pode carregar sempre contigo. Eu sou apaixonada!

Por que ter um planner?

Pra quem não sabe do que eu estou falando, planners são um tipo de agenda, mas de uma forma muito mais prática e otimizada. Além de muito conteúdo que faz toda a difença no dia a dia, que não existe em agendas tradicionais, o planner tem um layout que integra os 7 dias de semana em duas páginas, lado a lado. Dessa forma, quando ele está aberto, você pode ter uma visibilidade de toda a semana de uma única vez. Pode parecer besteira, mas conseguir ter essa visibilidade ajuda não só na hora de executar as tarefas do dia a dia, mas principalmente na hora de planejar (provavelmente por isso o nome é "planner" que em tradução livre significa "planificador" – ou seja: o lugar onde você bota os planos; planeja).

Mais uma vez eu preciso dizer que fiquei muito feliz quando a Rita (lá do Ateliê Donna Rita) começou a anunciar a venda do Planner Realize. Vocês sabem o quanto eu acredito e apoio o trabalho da Rita e como já usei o planner dela no ano passado, queria continuar com a mesma ferramenta, que eu já estava habituada e apaixonada. Mas o planner mudou pra melhor, só que manteve a mesma maravilhosidade de antes. É muito amor, gente!

É um produto maravilhoso, com uma qualidade e conteúdo incríveis, personalizável e que tem um preço inicial de R$84,90 (na versão "leve").

Aí você pode me falar "Aaaaah, Camila! Barato onde? Eu não vou pagar 85 reais em uma agenda!". E eu vou te responder (que não é uma agenda, né?) que é um investimento para a sua organização e que é o planner mais barato que eu encontrei no mercado. Mesmo na versão mais cheia de badulaques ele custa R$139,00, que é um preço bem abaixo do mercado (Onde a média de preço é R$250,00 e a gente encontra planners acima de R$500,00 para os mais endinheirados). E nesse caso aqui, não estamos perdendo qualidade para economizar.

Por dentro do Planner Realize

Vou falar um pouco sobre cada uma das divisões do Planner Realize. Ele é super completo e tem espaço para organizar a vida toda!

Bolso Interno: Dessa vez o bolso interno é plástico e ficou bem legal porque dá pra ver tudo o que tem dentro. Eu adoro esses bolsinhos pra guardar adesivos, documentos….

Página de Informações: para colocar os seus dados mais básicos: nome, endereço, contatos, informações de emergência. E ainda sobra metade da folha, que está pontilhada, para colocar o que mais achar necessário.

Calendário: calendário anual de 2018 e também de 2019 para consultas necessárias.

Metas para 2018: página com três divisões: Sonhos, Metas e Conquistas.

Wishilist: dividida em duas colunas: uma para os desejos e outra para as necessidades.

Datas Importantes: duas páginas com divisão mensal para anotar os aniversários e as datas mais importantes ao longo do ano;

Filmes e Séries: página com espaço para colocar os filmes e séries que quer assistir ou conforme for assistindo, com campos para o nome do filme, box para marcar os assistidos e nota dada por você.

Livros: página com espaço para colocar os livros que quer ler ou conforme for lendo, com campos para o título do livro, box para marcar os lidos e a sua nota.

Lugares Para Conhecer: página com duas divisões: "Aqui Perto" e "Lá Longe", para anotar e planejar as viagens do ano.

Atitudes Para Ajudar o Planeta: página com espaço anotar todas as metas, planos, desejos e projetos que criamos para construir um mundo melhor. (Amei demais esse espaço!)

Login e Senhas: página com espaço para colocar suas senhas em sites e redes sociais, com campos para o site, o seu login e a senha (que é sempre indicado colocar uma dica de senha que só você consiga desvendar, para o caso de alguém ter acesso a essas informações).

Minhas Compras Pela Internet: página com espaço anotar as compras feitas pela internet e poder acompanhar tudo! Tem espaço para a data da compra, loja onde comprou. código de rastreio e data da previsão de entrega.

Calendário Menstrual: uma página super útil e legal para controlar o nosso ciclo menstrual. É em forma de tabela e tem todos os meses e dias do ano, e aí a gente preenche os dias de fluxo. Dá pra prever os dias de ovulação e tudo mais. Eu uso um aplicativo para isso, mas como amo anotar tudo com papel e caneta, também estou colocando as informações no planner.

Sonhe, Planeje, Realize! Antes essa página de projetos vinha dentro da divisão mensal, uma para cada mês. Agora são seis páginas na divisão geral, em cada uma um esquema para colocar algum projeto no papel. Tem espaço para preencher qual é o projeto, o prazo, a data de início e de término, o que você já tem pronto para a concretização do projeto, o que você precisa ter ou fazer, etapas a cumprir e um espaço para notas. Eu amo esse espaço e adorei o fato de agora ficar tudo junto, porque nem sempre os nessos projetos tem a duração exata de um mês.

O que eu achei: Super completo! Tem espaço para colocar tudo. Com relação ao conteúdo, achei tudo necessário. O design é clean e ao mesmo tempo muito lindo, fofo e colorido! A qualidade do papel (o meu é a versão com papel de 120g), o acabamento e tudo é muito impecável. É dese apaixonar, mesmo!

Divisão Mensal

Depois que passa toda essa parte inicial, o planner é dividido por mês e todos os meses seguem o mesmo padrão. Vou falar um pouquinho de cada coisa que vem dentro de cada mês.

Divisória: No modelo que eu personalizei, eu escolhi colocar divisórias com abas e os nomes dos meses (mas também dá para escolher sem elas). Cada divisória tem uma cor, uma estampa e uma frase diferente. Para os modelos com ilustração da Enquanto Pepe Dorme (tem a capa do Harry Potter, a feminista, a de sereia – a minha é dessa coleção, a do Pequeno Príncipe e a de unicórnio) ainda tem opção de divisórias temáticas, de acordo com o tema escolhido para a capa. Eu pedi para a Rita deixar as divisórias tradicionais no meu, pois eu amei demais, mas as temáticas também são lindas e tem frases de acordo com a proposta.

Balanço Mensal: um planner financeiro, que é ótimo para ter controle dos gastos de cada mês. Tem espaço para colocar as entradas (tudo o que você receber) e as saídas (tudo o que gastar), o total de entradas, todal de saídas, saldo total, economias e os gastos no cartão de crédito.

Listas para Tudo: página com 6 espaços diferentes para criação de listas aleatórias, para o que precisar. Eu amei o design e a funcionalidade dessa página. Quase qualquer coisa que a gente precisar que já não esteja no planner dá pra incluir aqui.

Acompanhamento de Hábitos: essa página é incrível! Dá pra anotar qualquer coisa que você queira controlar ao longo do mês e então fazer as anotações dos dias que você fez aquilo. Dá pra acompanhar os dias que segui a dieta direitinho, que estudei espanhol, que li um capítulo de algum livro, os dias que fiz cronograma capilar…. O céu é o limite! Eu adorei essa página e uso demais!

Planner Mensal: Dividido em duas páginas, com um quadrinho para cada dia, para fazer o planejamento mensal. Na lateral também tem uma coluna para preencher com as metas do mês, e embaixo tem um espaço pontilhado que dá pra usar como a imaginação quiser.

Planejamento Semanal: Planner semanal, com visibilidade dos 7 dias da semana em layout horizontal. Começa pela segunda-feira e o fim de semana é compartilhado (pois sempre temos menos tarefas no fim de semana, né?). Quando a semana começa em outro dia que não seja a segunda, o espaço dos dias que "não tem" são preenchidos com folha pontilhada para fazer anotações. Em cada dia já tem ícones para preencher com o humor do dia, o clima e a quantidade de copos d'água que você consumiu.

Avaliação do Mês: página com espaço para anotar onde você acertou, onde errou, como melhorar, o que agradecer…. Um espaço dedicado para você auto avaliar o seu desempenho e conseguir encontrar onde cometeu erros e então corrigí-los para o próximo mês. Achei genial e estou adorando parar um momentinho no fim do mês para poder lembrar de todas as minhas conquistas e dificuldades. É muito mais fácil fazer progressos quando a gente está sempre fazendo essa avaliação e planejando as melhoras, ao invés de fazer só no fim de dezembro, agora eu faço todos os meses!

O que eu achei: Adorei o design, que está muito lindo, funcional e bem dividido. O balanço mensal também é muito bem vindo, para poder ter a mão todo o planejamento financeiro, controle de gastos… Adorei o layout do planner semanal e acho que o espaço que tem em cada dia está de bom tamanho para que eu possa planejar meus compromissos pessoais, consultas, compromissos do blog e anotações rotineiras (como limpeza e organização da casa, leitura diária…). O layout clean é ótimo, pois dá liberdade para personalizar da forma que preferirmos.

Informações de Compra

Valor: Entre R$84,90 e R$139,00: R$109,00 e R$139,00 para a versão tradicional com capa laminada, R$99,90 a R$126,90 para a versão tradicional com capa de tecido e R$84,90 a R$99,30 para a versão leve (o valor vai variar de acordo com a gramatura do papel (disponível em 90 e 120g/m²), se vai ou não ter divisórias com abas e o acabamento da capa (tecido, papel laminado do catálogo ou capa personalizada). Para simular sua personalização e ver quanto ficaria o seu planner, clique aqui.

Medidas: 16,5 cm x 21,5 cm – o meu é o modelo com divisórias, o modelo sem divisórias tem cerca de 1cm a menos na largura.

Detalhes: Folhas com gramatura de 120g/m²; encadernação wire-o.

Outra coisa importante:A Rita está com a versão do Planner Realize com a divisão entre os meses de maio a dezembro, então você ainda pode adquirir o seu e não vai ficar com aquele monte de meses sem usar no começo!


O que acharam do meu planner? Vocês já tem ou querem ter um planner para esse ano? Gostam dessa forma de organização?

Me contem tudo nos comentários!

Esse post não é um publieditorial. Todas as minhas impressões são baseadas na minha experiência e opinião pessoal ao longo do uso.

Com vocês o @eus2letras: o meu #studygram
5 Passos para ser mais organizado
Redken Curvaceous – No Foam (Shampoo / Co-wash) e Ringlet (Finalizador / Definidor de Cachos)

5 coisas que todo blogueiro precisa saber

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Nunca se ouviu falar tanto de blog como se tem ouvido atualmente. Com o crescimento da internet e toda a liberdade de expressão que ela trouxe, todo mundo que está online acaba acessando blogs várias vezes por dia. Seja ele de humor,  aleatoriedades, fofoca das celebridades, beleza, moda, literário, fotografia, pessoal… Tem blog pra todo tipo de gosto!

Blogar é livre. Qualquer pessoa pode criar um blog. Seja para falar da própria vida e do que gosta, pra ensinar a fazer algo que sabe ou pra mostrar ao mundo como tem sido sua vida depois de adotar um jabuti. E sabe o que é mais legal? Sempre vai ter alguém interessado em ler sobre o que você estiver escrevendo, seja sobre mergulhar no pântano ou andar de bicicleta no Everest.

Eu sempre tive blog, desde os anos 2000, quando a internet era só mato, eu já tinha meus blogs por aí. O Subexplicado é o meu primeiro blog que realmente levei a sério, tão a sério que ele já está há mais de 4 anos no ar. É a menina dos meus olhos e eu morro de orgulho dele – mesmo sabendo que ainda tenho muito o que melhorar. E se você também quer começar o seu blog e não sabe como, dá uma olhada nesse artigo super explicativo lá do Hostinger, sobre como criar um blog passo a passo no wordpress. WordPress pode parecer muito complicado quando você se depara com ele pela primeira vez – e ele é mesmo, viu? haha – mas lendo esse artigo você vai conseguir entendê-lo muito melhor e vai ficar mais fácil. E aí ninguém vai te segurar de ter um blog pra chamar de seu!

Mas como tudo nessa vida, existem alguns atos de respeito e bom senso que devem sempre ser observados e que algumas vezes a gente acaba não prestando atenção no início (ou até mesmo vários anos depois de ter começado) da nossa vida de blogueiro.

Pedir "sdv" é a melhor forma de não conseguir seguidores

É sério. Quando alguém me pede pra seguir de volta, eu me irrito tanto que mesmo que a pessoa tenha as melhores fotos, os tweets mais engraçados ou sejá lá o que for de especial, eu simplesmente nem me importo de olhar. Reviro os olhos, ignoro o comentário (às vezes eu até apago) e sigo apenas a minha vida. E acredite, 99% das blogueiras que conheço também fazem isso, então confiem em mim quando eu falo: JAMAIS peça pra te seguirem de volta. Siga apenas as pessoas com quem você se identifica e vai gostar de ter na sua timeline, não espere nada em troca, você será mais feliz assim e a internet mais bonita.

Você não vai ganhar dinheiro sem trabalhar

E talvez você não ganhe dinheiro nenhum (com o blog). Já vi muita gente na internet que começou o blog pra "parar de trabalhar" e ganhar a vida como blogueiro. Isso não existe. Eu não ganho quase nada com o blog e já trabalho pra caramba nele, como seria possível alguém ganhar rios de dinheiro sem trabalho? Blogueiro trabalha sim e se é pra se sustentar, trabalha dobrado. Claro que tem várias vantagens em ser blogueiro profissional, mas isso não anula o trabalho – DE JEITO NENHUM! Sem falar que a menos que você tenha nascido com a bunda virada pra lua, você vai ter que trabalhar ainda mais pra conseguir fazer do seu blog a sua fonte de renda.

Não é preciso ter dinheiro, é preciso ter carinho

Também tá cheio de gente falando "Aaah! Eu queria ter um blog, mas não tenho dinheiro.". Oi? Eu comecei o Subexplicado sem dinheiro nenhum e hoje, quatro anos depois eu continuo sem dinheiro! haha. Mas o blog tá aqui, firme e forte. Uma câmera legal? Não precisa! Dinheiro pra layout? Não precisa! Uma ilustração personalizada? NÃO PRECISA! A única coisa que você precisa para ter um blog é vontade. As outras coisas você vai conseguindo com o tempo e enquanto o tempo não vem você usa o que já tem.  Eu nunca comprei nada especialmente para o blog, eu compro as coisas pra mim e as uso aqui.

WordPress não é melhor que Blogger, é diferente!

Eu sempre acreditei que o WordPress fosse melhor que o Blogger. Logo que me mudei para o WP, eu apenas confirmava essa crença a cada dia. Mas com o tempo eu fui percebendo que ele não é melhor, é apenas diferente. O Blogger tem inúmeras vantagens e tantas facilidades que quando você vai começar é sempre a melhor opção. Lá você não precisa pagar hospedagem, é muito mais fácil de personalizar, você tem tudo o que precisa dentro da sua conta. Com o passar do tempo, talvez você sinta necessidade de mudar para o WordPress por todas as coisas que consegue fazer nele mais fácil do que conseguiria fazer no blogger, mas não é obrigatório e o seu blog não será péssimo se você não mudar. Já vi layouts tão lindos que não acreditei que alguém tivesse conseguido colocar tudo aquilo no Blogger, justamente por causa desse preconceito totalmente besta. Esqueça isso. O WordPress não é melhor  que o Blogger e o Blogger também não é melhor que o WordPress.

Mas se você decidir que prefere ele, não esquece de conferir esse artigo sobre como criar um blog passo a passo no WordPress.

Não é obrigatório ter colaboradores no seu blog

Tenho visto tantas pessoas que mal começam um blog e já saem pelo facebook a fora atrás de colaboradores. As justificativas sempre são: "aaah, mas eu não leio e gostaria de alguém pra falar sobre livros…", "Eu não curto maquiagem, então preciso de alguém pra ensinar a fazer, lá no meu blog", "Sou careca, mas preciso de alguém que tenha cabelo". Gente, é sério? Se você não gosta de ler, não faz muito sentido querer falar de livros no seu blog, não é mesmo? Também já vi gente se lamentando que precisa de colaboradoreS (sim, no plural) porque quer que o blog tenha posts todos os dias e "já está a dois dias sem postagem nenhuma". Você pode ter seus colaboradores, eles não são proibidos. Mas principalmente, eles não são obrigatórios!


Essas tem sido algumas queixas e situações comuns que tenho visto pelos grupos de blogueiros no Facebook. Acho que algumas dicas e sugestões com o meu ponto de vista não podem fazer mal a ninguém, certo?

É claro que você tem todo direito de discordar. Não são regras absolutas, não existe uma "Constituição" para a blogosfera, onde existem leis que precisam ser cumpridas. Você pode (e deve!) fazer o que quiser no seu blog, ele é seu. Mas essa lista é uma sugestão para que você pense melhor em relação ao que quer para o seu espaço, nessa internet linda.

Espero muito que gostem! Me contem o que vocês acham que todo mundo que tem ou quer ter blog deveria saber. Eu vou adorar saber a opinião geral, até porque eu também posso estar fazendo coisas não muito educadas nesse mundinho de blogs, né?

Esse post foi patrocinado pelo site Hostinger. Todo o seu conteúdo foi criado por mim e expressam o meu ponto de vista, assim como todos os outros posts do blog.

Crochê: aprendendo uma nova paixão
Troquei meus livros por um Kindle
(O dia em que eu não subi a) Pedra do Baú – São Bento do Sapucaí – SP

5 Passos para ser mais organizado

O fim do ano já chegou e 2018 já está nos bastidores, se preparando para a entrada gloriosa.

Tá todo mundo perguntando se vai te planner para o próximo ano aqui no blog e quando vão ao ar. Já falei algumas vezes sobre isso, mas não custa repetir, né? Com certeza haverá planner! E eu espero (e tenho me planejado para) que estejam prontos e aqui no blog na primeira quinzena de dezembro. Fica de olho por aqui e nas redes sociais do blog (instagram, facebook e twitter) pois com certeza darei todos os recados por lá! 🙂

Junto com o ano novo e toda a renovação que ele nos trás, sempre temos as nossas metas pessoais, profissionais e acadêmicas para colocar em prática. Talvez 2017 não esteja sendo exatamente como você planejou lá no fim de 2016 e provavelmente o motivo para que isso esteja acontecendo seja muito simples: você não se organizou suficientemente bem para conseguir colocar os planos em prática.

Organização está muito além de estabelecer uma rotina e tentar seguí-la à risca. Tem muito mais a ver com focar nos objetivos e planejar o melhor caminho para alcançá-los. Separei algumas dicas bem legais para que possamos fazer de 2017 o ano em que riscaremos todas as metas da nossa lista! E é claro que já podemos começar a colocar em prática agora mesmo.

Programe o seu dia, a semana e o mês

Para lembrarmos de todos os compromissos, devemos agendá-los. Não importa se você usa o celular, tablet, agenda, planner, bloco de notas, caderninho ou qualquer outro método que preferir. É extremamente importante planejar o seu tempo e anotar todos os compromissos e tarefas que tem ao longo do dia. Além disso, também é essencial ter uma visibilidade da semana toda e do mês, para se programar para os compromissos que tem pela frente e não se sobrecarregar de coisas a serem feitas. Comece agora mesmo fazendo sua programação desse mês, depois para a próxima semana e então anote todos os compromissos e coisas que precisa fazer para hoje!

Estabeleça prioridades

O que realmente precisa ser feito hoje e não pode ser adiado? Talvez você precise pagar uma conta que está vencendo, responder um e-mail importante, ir ao supermercado, hidratar o cabelo… Não importa o que seja, da tarefa mais importante até a mais trivial: saiba o que é mais urgente e execute a lista de tarefas por ordem de prioridade. Caso contrário, você pode acabar se enrolando ou tendo algum imprevisto e o que realmente precisava ser feito hoje acaba ficando para amanhã.

Não se sobrecarregue

Encher a sua lista de tarefas pode ser exaustivo e até perigoso. Se você tentar fazer todas as coisas de uma única vez, vai se estressar, corre o risco de não conseguir cumprir e com certeza vai se desmotivar. Levar uma vida organizada não acontece do dia para a noite e como tudo na vida, você precisa começar aos poucos e ir se habituando. Não adianta nada fazer mil e uma coisas hoje para acordar amanhã e não fazer nada do que precisa ser feito por estar estressado com uma rotina muito rígida e carregada.

Se dê uma recompensa

Nosso cérebro tende a aprender um novo comportamento com muito mais facilidade quando é condicionado a fazer isso. Estímulos positivos, como recompensas, são extremamente funcionais para transformarmos ações em hábitos. Sempre que conseguir cumprir suas tarefas no prazo que estabeleceu, presenteie-se. Pode ser um chocolate, um café com uma pessoa querida, uma visita a um site que gosta… Pense em pequenas coisas que gosta de fazer mas que muitas vezes não consegue por causa da correria. Com certeza a organização vai lhe dar vários momentos de folga.

Seja flexível

É claro que se organizar é importante e é a única forma de levar uma vida mais leve – imagina só como seria estar com o trabalho da faculdade (ou o relatório que o seu chefe pediu) pronto no prazo, sem precisar passar a noite acordado trabalhando e sofrendo com o estresse de imaginar que não vai conseguir terminar a tempo? Mas é ainda mais importante saber quando a organização está se tornando sua maior inimiga. Não adianta se cercar de compromissos e listas de coisas para fazer se não for sobrar aquele tempinho para a recompensa (do qual falamos no item anterior). Pior ainda se aparecer alguma coisa diferente para fazer – como aquela amiga que não mora mais na cidade te ligar para almoçarem juntos – e você recusar por causa do planejamento.


E para começar a colocar as dicas em prática, que tal usar os plannes aqui do blog? Ano passado fiz um post com todos os planners desse ano, em três modelos, e ainda planner semanal e anual. Se você ainda não conhece, vale muito a pena conferir. Corre lá pra ver e não esquece de me contar o que achou!

Clique aqui para ser direcionado para o post com os planners de 2017

E sabe o que também é muito importante? Organização financeira! Ainda quero fazer um post totalmente dedicado a isso, mas enquanto ele não chega, vou deixar uma dica super legal pra vocês economizarem!

Sempre que forem fazer compras online pesquisem antes por cupons de desconto. Eles são maravilhosos e sempre salvam uma graninha. Tem um site muito legal que tem cupons para todas as maiores lojas online que você conhece (e pras que você não conhece também). É o Cupom.org, lá você pode buscar pela loja que você mais gosta ou navegar e ficar de olho nos cupons de destaque. Dá uma olhada e depois me conta o que achou! *-*

Espero muito que vocês tenham gostado e que essas dicas os ajudem a finalmente conquistar a organização dos sonhos. Logo logo os planners novos estarão aqui no blog, então fiquem ligados!

Esse post foi patrocinado pelo site Cupom.org. Todo o seu conteúdo foi criado por mim e expressam o meu ponto de vista, assim como todos os outros posts do blog.

Planner Realize 2018 – Ateliê Donna Rita
Meu Planner 2017 – Loja Donna Rita
Planner 2017 – anual, mensal e semanal

Redken Curvaceous – No Foam (Shampoo / Co-wash) e Ringlet (Finalizador / Definidor de Cachos)

Já tem um tempinho que recebi uma caixa cheia de coisas MARA (para a pele e para os cabelos) lá da Kutiz Beauté. Dentro da caixinha estavam esses dois produtos da linha Curvaceous, da Redken: o No Foam, que é um desses produtos maravilhosos que a gente usa para lavar o cabelo e já condiciona junto (o famoso co-wash) e o Ringlet, um finalizador para definir os cachos que deixa o cabelo super leve, definido e macio.

Já usei os dois até acabar (!) e agora que tenho muito conhecimento de causa vim compartilhar com vocês o que eu achei deles e como eles funcionaram no meu cabelitcho!

Redken Curvaceous No Foam

O No Foam, como o nome já diz, é um "shampoo" que não faz espuma ("no" = não / "foam" = espuma). Não quero confundir ninguém, mas na verdade ele não é bem um shampoo. É um creme, como se fosse um condicionador, mas a gente usa para lavar o cabelo, sabe? O tão famoso co-wash.

O co-wash é uma técnica para lavar os cabelos que dispensa o uso de shampoo, usando apenas o condicionador. Os sulfatos, encontrados na grande maioria dos shampoos, são agentes responsáveis pela limpeza e pela espuma. Porém, além de tirar a sujeira dos fios, tiram também os óleos naturais e os lipídios do cabelo. [Fonte: Beleza e Saúde]

Eu nunca tinha usado nenhum produto desse tipo no cabelo e preciso dizer que ele me surpreendeu muito! Quem nunca fez co-wash pode até ficar um pouco receoso e até duvidoso de que o um creme vá lavar o cabelo – pelo menos eu fiquei. Mas a limpeza é tão eficiente quanto a de um shampoo normal, que enche a cabeça de espuma. A única diferença – que é o maior bônus – é que não resseca em nada os fios e já os condiciona. É muita praticidade, mas além disso é um ótimo tratamento para incluir na rotina capilar pelo menos uma vez por semana, em uma das lavagens. Houveram várias lavagens seguidas que fiz só com ele, sem usar nenhum outro shampoo entre elas e o meu cabelo ficou muito limpo em todas as vezes.

Depois que o meu acabou usei o mesmo tipo de produto de outras marcas (o light-poo da Élseve é um produto similar, pra vocês poderem entender melhor) e gostei bastante. Mas vou assumir que o Curvaceous foi o meu favorito e eu já quero comprar outro – só não comprei ainda porque infelizmente o preço dele não é tão amigo.

Ele vem com 500ml e por isso rende muito! A embalagem é super prática e vem com um pump para retirar o produto. Cerca de cinco pumps são suficientes para lavar o meu cabelo (que é bem volumoso, mas não é muito).

O No Foam é liberado para as técnicas Low e No-Poo.

Ele está a venda na Kutiz pelo preço de R$119,90 e o frete é grátis.

Redken Curvaceous Ringlet Modelador

O Ringlet é um leave-in, para finalizar e definir os cachos. Tem uma textura extremamente leve, não pesa em nada o cabelo, até porque, só um pouquinho dele já espalha super bem nos fios e os deixa super macios, reduz o frizz e define os cachos e ondas.

É um dos finalizadores mais leves que já usei e que deu um resultado muito bom nos meus fios. O jeito que ele espalha pelo cabelo é tão gostoso e surpreendente! Ele ainda desemparaça muito bem os fios, amacia… Talvez o único ponto negativo seja a quantidade de produto que vem. São apenas 180 ml e por isso ele acaba não tendo o melhor custo benefício. Mas a qualidade do produto é ótima. E ele também rende mais do que os cremes de pentear "convencionais". Eu uso metade da quantidade que usaria de outro produto, pois ele é eficiente e cumpre muito bem o papel de finalizar e modelar os cachos com apenas um pouquinho de produto.

Eu gostei do Ringlet, mas ele não é o melhor produto que eu já usei para finalizar os cachos, para que eu sinta vontade de comprar outro frasco, já que por ser um produto importado de uma marca conceituada, como a Redken, ele também não tem o preço mais amigo de todos. Ainda mais se tratando de um leave-in/finalizador, que é o produto que eu mais uso (em quantidade) nos cabelos. Mas ele também me surpreendeu, especialmente por ter uma textura tão fluida e mesmo assim definir e segurar tão bem os meus cachos. Com certeza para esse tipo de textura ele é o produto que melhor funcionou no meu cabelo. Imagino que cabelos com cachos mais abertos ou ondulados tenham um resultado ainda melhor.

Conversando com uma colega do escritório onde trabalho, ela me falou que também usa o Curvaceous Ringlet. O cabelo dela é quase liso, com ondas esparsas e no cabelo dela dá uma super definição nas ondas!

Alem disso, o cheirinho que ele deixa nos cabelos é tão gostoso e fica por um tempãp. Perfume é uma coisa muito particular, então não dá estabelecer o que é bom ou não é, vai do gosto de cada um. Pra mim o da linha Curvaceous é uma delícia!

O Ringlet também é liberado para as técnicas Low e No-Poo.

Ele está a venda na Kutiz por R$97,90.


Eu amei a experiência com esses dois produtos da Redken, que eu nunca tinha usado e agora já considero pakas! haha
Fiquei muito curiosa para testar os outros produtos da marca, especialmente dessa linha que foi desenvolvida com tanto cuidado e carinho para cabelos cacheados.

Toda a linha Curvaceous está disponível lá na Kutiz Beauté e também tem as outras linhas de produtos da Redken, para todos os tipos de cabelos. Se joga lá no site e aproveita que tem produtos para todo gosto com precinhos MARA!

Me contem nos comentários se já usaram esses produtos, ou algum outro similar, se já conheciam a marca. Vamos conversar!

Esse post não é um publieditorial. Recebi os produtos para testar e todas as minhas impressões são baseadas na minha experiência e opinião pessoal ao longo do uso.

Planner Realize 2018 – Ateliê Donna Rita
Meu Planner 2017 – Loja Donna Rita
Linha Depore Ada Tina Italy – Peels, Scrub, Tonic e Matte
Página 1 de 31
12345... 31››