Categoria "Lugares"

Parque Temático O Pequeno Príncipe

Em 23.07.2014   Arquivado em Lugares


Inaugurou o parque temático Le Parc du Petit Prince. O parque foi criado em homenagem ao personagem mais fofo, lindo e querido de todos os tempos: O pequeno Príncipe – da obra de mesmo nome do autor Antoine de Saint-Exupéry.

O parque abriu as portas no dia 1º deste mês e foi projetado de forma a atender especialmente crianças de 0 a 12 anos, mas nada impede que os fãs mais velhos e entusiasmados juntem-se à farra.

Ao todo são 31 atrações inspiradas em passagens do livro. Dentro do parque, são exibidos filmes em 3D onde é possível interagir com os personagens, gerados por computador.

 

A atração principal fica por conta de dois balões, que representam os planetas do Rei e do Acendedor de Lampiões.  Um deles fica a 150 metros de altura e é perfeito para admirar a paisagem do local. O outro balão comporta apenas 15 pessoas e dispões de um bar – este fica a 35 metros de altura.

A construção levou apenas 6 meses para ser concluída! Todas as atividades são mostradas ao público em dois idiomas: francês e alemão. O Parque está situado no Leste da França, próximo às divisas com a Alemanha e Suíça.

Eu que sou mega fã do principezinho mais fofo do universo já estou louca pra ir! *-*

Para mais informações, visite o site do parque.

Fonte da informação: Green Me
Fonte das Fotos: Google

Campos do Jordão – SP

Em 30.06.2014   Arquivado em Fotografia, Lugares

Nesse fim de semana, fui com o Arthur e um casal de amigos passar o fim de semana em Campos do Jordão. Inclusive coincidiu com o fim de semana do nosso aniversário de casamento e ficou como presente para nós.

Campos do Jordão fica muito perto aqui de São José dos Campos e eu já fui pra lá várias vezes, mas nunca dormi por lá. Adorei a experiência! É a cidade mais alta do Brasil, com 1628 metros de altitude (fonte Wikipédia) e é famosa pela arquitetura e pela estrutura que tem para o inverno brasileiro, que por lá é um pouco mais intenso.

A cidade estava lotada. No sábado, principalmente. Fomos almoçar em Capivari (o lugar onde ficam concentrados os barzinhos, restaurantes e a maior agitação) e por causa do jogo do Brasil não conseguimos mesa em nenhum restaurante. Acabamos comendo uns petiscos em um barzinho mais afastado, em uma mesa improvisada. Ontem o passeio foi muito mais gostoso e fácil.

Subimos ao Morro do Elefante de miniférico 🙂

A vista da cidade durante a subida e lá de cima é muito linda!

Ficamos hospedados em chalés muito aconchegantes, bem afastados do Centro, em um lugar maravilhoso.
Adorei tudo e super indico. Desde a negociação com a proprietária até o nosso check-out, não tivemos nenhum problema, muito pelo contrário. Com certeza iremos voltar muitas outras vezes.

Foi difícil chegar até lá na primeira vez que fomos, mas depois que aprende fica fácil e bem mais rápido. Fica no máximo a 15 minutos de Capivari e eu achei muito mais bonito, tranquilo e prefiro mil vezes ficar em um lugar como esse do que no meio da agitação.

O lugar é enorme, tem trilha pra fazer, cachoeira, muitas árvores, natureza, tranquilidade… Os chalés são espaçosos e muito confortáveis. A única coisa que faltou foi uma lareira, mas tem aquecedor e também não estava tão frio assim nesse fim de semana. Pra quem quer visitar Campos do Jordão, fica a dica para se hospedar em um lugar ótimo e com um preço super bacana. O site dos chalés é o Chalés Ferradura e tem mais fotos e informações por lá.

*As fotos foram feitas com a câmera Canon T3i*

Jardim Botânico Irmãos Villas Boas (Sorocaba-SP)

Em 21.04.2014   Arquivado em Fotografia, Lugares

Nesse feriado de páscoa fomos para a casa da minha mãe, que se mudou recentemente para Sorocaba (interior do Estado de São Paulo). Aproveitamos pra conhecer o Jardim Botânico, recém inaugurado, que eu estava louca pra ver.
Fomos e tirei algumas fotos. Gostei muito de lá. Como é novo – foi inaugurado em 15 de Março – algumas coisas ainda estão se estabelecendo, como o roseiral que tem na frente e estava bem seco… Imagino ele daqui alguns anos, com as árvores maiores, as roseiras fortes… Mas já está bonito e o perfume que as rosas exalam é maravilhoso!


No roseiral tem 27 espécies de rosas. Como já disse, estavam fracas e ressecadas – ainda estão se adaptando. Elas estão dispostas no formato de um sol com 12 raios. 



Dentro do Palacete de Cristal estão expostas várias espécies de plantas nativas, dispostas de forma harmônica e ornamental.



Arthur, meu modelo preferido posando para minhas experiências fotográficas… Isso sim é marido! 😛

Ele também é meu fotógrafo e está melhorando muito! Antes sempre cortava os meus pés e deixava uns 5 quilômetros de foto pra cima (hauahua).

Pra quem mora perto ou vai passar por Sorocaba, a visita é indispensável. Lá também tem um orquidário, uma biblioteca de plantas secas, um centro de pesquisas de plantas nativas ameaçadas e aulas de educação ambiental.  Está localizado na rua Miguel Montoro Lozano, 340, no Jardim Dois Corações, próximo ao Parque das Águas. A entrada é gratuita e ele funciona de terça a domingo, das 9h às 17h.

*Todas as fotos foram feitas com minha câmera compacta (Sony Cyber Shot W530)*

Tour Nestlé Chocolover

Em 21.01.2014   Arquivado em Lugares
Fábrica de Chocolates Nestlé (Fonte:  Galeria da Arquitetura)
Olá, pessoal! Tudo bem???
No último sábado fui visitar a Fábrica de Chocolates da Nestlé, que fica super perto de casa, em Caçapava – SP.

Faz muito tempo que quero conhecer, mas acabava que nunca me informava… Aí no fim do ano passado tomei a decisão! (rss) Entrei no site e agendei. Agora vou contar um pouco pra vocês sobre como foi e o que tem por lá!

Como não pode tirar fotos ao longo do passeio, vou colocar fotos que encontrei na internet, para ilustrar o post e também pra matar a curiosidade… No final coloco as fotos que tirei na Lojinha de Chocolates, que estão ruins pois tirei com o celular.
 
Túnel vermelho para entrar na fábrica – com cheiro de chocolate! (Fonte: Galeria da Arquitetura)
Quando chegamos, fomos até a recepção. Lá fomos atendidos por uma moça muito educada – que foi a nossa Guia no passeio – e preenchemos um formulário, pagamos a taxa de visita, no valor de R$10,00, recebemos uma chave para o armário onde devemos guardar bolsas, celulares ou outros objetos, e podemos nos sentar em bancos que lembram tabletes de chocolate… Lá tem uma taça grande, cheia de Kit Kats em miniatura (parece mini-bis só que MUITO melhor) e eu comi vários!
Assistimos um vídeo que faz uma pequena introdução sobre a Nestlé e sua história com o chocolate e informa as regras para a realização do tour:
– Não pode entrar de chinelo, regata ou short;
– Não pode comer nada ao longo da visitação;
– Não pode tirar fotos ou filmar.

E Então a Guia nos leva para o tão esperado passeio.
Sou apaixonada por arquitetura e esse túnel de vidro com película vermelha já fez o passeio valer a pena! (rs) E o cheiro de chocolate? DE-LÍ-CI-A!!!
Floresta de Cacau (Fonte:  Galeria da Arquitetura)

Entramos em uma sala decorada com fotos de uma plantação de cacau e som ambiente de floresta… Super legal!

Sala do Alpino (Fonte:  Galeria da Arquitetura)
Então vamos passando por várias salas, com temática dos maiores sucessos da marca, por ordem cronológica. O alpino foi o primeiro chocolate lançado pela Nestlé!
Corredor dos chocolates recheados: a janela mostra a linha de fabricação do Prestígio, Smash, Charge, Lolo e Choquito (Fonte:  Galeria da Arquitetura)
A experiência toda é muito legal! Quem nunca quis visitar uma fábrica de chocolate? Eu sempre tive vontade! Lógico que para as crianças que assistiram “A Fantástica Fábrica de Chocolates” deve ser um tanto quanto decepcionante, já que é tudo muito diferente, mas tenho certeza que até eles se encantam com tanto chocolate e o ambiente lúdico que a Nestlé criou.
Lojinha de Chocolates
No final da visita, a gente pode ir até a Lojinha Nestlé Chocolover. É um paraíso! Lá tem muita coisa legal bem mais barato do que no mercado!
Saldo da visita: Muitos chocolates e mais calorias ainda!

Tem até alguns dos chocolates à granel, não todos (infelizmente) mas dá pra fazer um estrago na dieta (rss).

Como já falei antes, a Fábrica fica em Caçapava – SP, na Av. Henry Nestlé, número 1800 – marginal da Rodovida Presidente Dutra.

Antes de sair correndo para lá, agende a visita aqui. Para entrar custa R$10,00 – para o pagamento da entrada aceita somente dinheiro.
No final da visita, você ganha um saquinho recheado de chocolate – por pessoa – que já vale o ingresso.
Espero que tenham gostado, se tiver oportunidade de fazer o tour, aproveite, é realmente muito gostoso!

Praia da Fortaleza (Ubatuba – SP)

Em 13.01.2014   Arquivado em Lugares
Praia da Fortaleza em Ubatuba (foto do Kekanto)

Olá, pessoal! Tudo bem?
Como passaram o fim de semana? O meu foi muito bom!!!

     No Sábado, o Arthur e eu fomos à Ubatuba, na Praia da Fortaleza. Como podem ver nas fotos acima, o lugar é deslumbrante! Infelizmente esqueci minha câmera no carro e acabei ficando sem fotos. Essas duas acima (as quadradas) são do meu instagram – da última vez que estive lá, em março do ano passado.
Equipamento para snorkeling: Máscara, snorkel e nadadeiras.
     Nós fomos para praticar snorkeling, ou mergulho livre. Pra quem não conhece, nada mais é do que a observação da vida marinha com máscara, snorkel (tubo de ar) e nadadeiras. É muito fácil e delicioso de fazer. Uma experiência fascinante!
Foto de Março de 2013, quando fomos com nosso amigo Felipe Cota.
    A praia é cheia de peixes! O Sargentos (esses peixinhos com listras amarelas, da foto acima) ficam por toda parte e se levar maçã ou ração, eles vem comer na mão, na superfície!
     A água é muito tranquila e clara, parece uma piscina! Tem bastante pedras, mas nada que atrapalhe; pelo contrário: é nas pedras que ficam a maioria dos peixes!
Cardume de Salemas (essa foto não é da Praia da Fortaleza – fonte: cifonauta)
     Além dos sargentos, vi várias outras espécies de peixinhos,  inclusive o peixe salema (da foto acima) que eu ainda não havia visto nenhuma outra vez que mergulhei. Também tinham ouriços, baiacus-pintados, um peixe-borboleta filhote, muitas algas…
     E tive a sorte de ver uma arraia! Ela estava descansando na areia e eu afundei bem em cima dela. Não sei qual de nós duas se assustou mais! Então ela foi embora, se chacoalhando pra tirar a areia das costas… Foi maravilhoso!!!
     O acesso à praia se dá por via secundário, pela entrada da Praia Dura. Com certeza indico essa praia!
     Espero que tenham gostado!
Um beijo,
Página 4 de 512345