Subexplicado

Subexplicado

6 on 6 – Junho 2014

No fim do mês passado entrei para o projeto fotográfico 6 on 6. Acho que quase todo mundo já deve ter visto em algum blog. Pra quem nunca viu, o projeto consiste em postar 6 fotos todo dia 6 de cada mês.
O tema para as fotos desse mês foi livre, mas eu quis fazer algo outonal. O outono brasileiro tem flores, tem árvores verdes, parquinhos vazios por causa do clima mais frio e também tem folhas secas no chão (não gostei dessa foto, mas é a que mais fala sobre tema). Além de ter o Melman com blusa (look repetido de um outro post sobre outono e Melman) pra esquentar, porque ele foi junto comigo tirar as fotos em cima da hora aqui perto de casa (rss). Queria ter tirado essas fotos no Parque da Cidade daqui de São José já que eu adoro aquele lugar, mas fiquei procrastinando minha ida e acabou não rolando… Fica pra próxima!
Mês que vem tem mais 6 fotos 🙂

Veja os outros blogs participantes do projeto aqui.

*As fotos foram feitas com minha câmera compacta (Sony Cyber Shot W530)*

Melman (e Kiv) estrelando: O Dia do Cachorro
6 on 6 – Agosto 2015 (beda #6)
Passeio em Campos do Jordão

Internet Old School

Esse mês o Rotaroots está com temas ótimos e o meu preferido foi esse, o Internet Old School.
A proposta do tema:
Todo mundo tem aquela lembrança dos primeiros sites que entrou, as primeiras amizades que fez, o primeiro endereço de e-mail, a primeira mensagem virtual que mandou. Esse post é para você relembrar os velhos tempos de Internet discada, elegendo seus sites e atividades favoritas na Internet antes das redes sociais.
Quando li, quis fazê-lo na hora! Uso a internet desde os meus 12 anos (desde a virada do milênio!!!) e tenho muitas recordações daquela época. Internet discada, que só dava pra usar a partir das 14h do sábado, o dia todo do domingo e das 0h às 06h da manhã em dias de semana. Nesses horários o "pulso" era único, então você só pagava por cada vez que conectava. O que não quer dizer que conectava só uma vez, pois além de cair várias vezes ainda tinham aqueles momentos ~infinitos~ em que o telefone tinha que ser usado ou ficar livre para receber alguma ligação. Quem lembra??? Foram épocas difíceis, mas muito mágicas e eu adoro me lembrar *-*
Separei algumas coisas que mais me deixam saudosista com relação à internet discada. Vamos ver quem lembra!
Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Quer participar? Então faça parte do nosso grupo no Facebook e inscreva-se no Rotation.
Provedor America Online
Quando comecei a usar a internet (ano 2000), além dela ser discada, era preciso ter um provedor de acesso para entrar. Na época eu morava em Votorantim – SP, cidade que fica ao lado de Sorocaba. Assim que meu pai decidiu instalar a internet, contratou o serviço do Terra, mas na hora de fazer a discagem, não constava a cidade de Votorantim para o acesso, então colocamos na cidade vizinha: Sorocaba. Imagina a cara do meu pai quando a conta chegou! Na época, mesmo cidades tão próximas pagavam ligação interurbana para se comunicar e não existia essa de "pulso único" em interurbano! Meu pai quase teve um troço e quando viu aquele monte de interurbano com valores altíssimos cancelou na hora nossa internet! Ficamos alguns meses sem acesso até que a AOL (America Online) colocou Votorantim na lista de cidades para discagem e a alegria voltou a reinar.
A AOL tinha um browser específico e a internet só funcionava nele. Eu simplesmente AMAVA!  Na época eu era fã dos Backstreet Boys e passava horas nas salas de bate papo voltadas ao assunto. Fiz várias amizades, inclusive de outras cidades – o que fez o ritmo cardíaco do meu pai voltar a aumentar com o valor da conta, já que várias vezes eu me conectava em horário comercial e chegava a ligar pras minhas amigas backstreet maníacas hauhauah.
Minha felicidade não durou tanto. Quando nos mudamos para Sorocaba, meu irmão mais velho convenceu meu pai a assinar o Terra denovo, por que ele não gostava do browser. =/
icq – "I Seek You"
Quando eu perdi meu precioso browser do AOL, comecei a procurar as melhores formas de encontrar pessoas que tivessem o mesmo gosto que eu. Claro que tinham salas de bate papo no Terra, no UOL e em mais um milhão de lugares – naquela época TODO MUNDO entrava em chats – mas eu ainda achava as do AOL as melhores. Até que comecei a frequentar os bate-papos do MSN, que eram muito mais dinâmicas e tinham uns joguinhos muito divertidos, onde um administrador da página fazia uma pergunta e aí os participantes do chat respondiam. Quem respondesse primeiro ganhava pontos e ao longo das partidas apareciam os rankings (fui super viciada nisso por um tempão!). Mas na época ou ainda não existia o MSN messenger ou ninguém se importava com ele. Pra conversar com as backstreet maníacas que eu conhecia o jeito era usar o ICQ. E de verdade: não sei pq o MSN derrubou o icq! Ele era muito divertido! Tinha uma função em que o bate papo era em tempo real, dava pra ler o q a pessoa estava escrevendo enquanto ela digitava… Eu ADORAVA!

Incredimail

Incredimail era como um Outlook, só que muito mais lindo, com muito mais frescuras e cheio de desenhos, gifs e emoticons de todos os tipos pra usar. Foi a melhor descoberta que fiz na internet e eu amava! Contagiei minhas primas com o vício e a gente trocava e-mails praticamente sem escrita, só com desenhos. Pensando sobre isso agora, o Whatsapp deve ter se inspirado no Incredimail pra encher de figurinhas legais na conversa. Eu amava esse programa! Outra coisa ótima é que com ele eu podia ver meus e-mails durante a semana em horário normal. Eu conectava pra baixar as mensagens, desconectava pra ler e responder e então conectava de novo pra enviar.. ufa! BANDA LARGA, EU TE AMO! hauahauhhua
MSN Messenger
 Quando todo mundo começou a usar o MSN eu ainda resisti um pouco. Achava o icq muito mais legal e era conservadora (pra não dizer do contra! haha). Minha resistência durou até o momento em que eu abria o icq  e ficava horas olhando pra ele, esperando alguém entrar e não aparecia ninguém. Aí tive que abrir mão de todos os meus princípios e ideologias (aham) e fazer uma conta no MSN.
Claro que tenho um milhão de histórias com ele, inclusive muito mais do que com o icq, então é impossível não ser saudosista com relação a esse magnífico ponto de encontro com meus amigos. Além do mais, o MSN é muito mais recente, por isso coisas que fazem parte da minha vida hoje estava presentes nele. Por exemplo meu marido, que sempre morou longe quando namorávamos (e até antes disso, quando só éramos amigos coloridos) e sempre conversou comigo através do msn. Sinto saudade de ter minha rede social (orkut) e grupo de conversa separados… Com o Facebook é tudo compacto demais!

 Fotolog

Eu tive inúmeros blogs! Fazia meus layouts no paint, colocava minhas músicas preferidas pra tocar automaticamente – sem que o leitor tivesse escolha a não ser desligar a caixinha de som enquanto procurava por um player minúsculo perdido em um mundo de bottons (eu impunha o meu gosto musical à moda funkeira hauahuah) – enchia com gifs piscantes e o cursor sempre deixava um rastro de estrelinhas por onde passava. Mas a fase de blogs passou e comecei a fazer fotologs, até porque na época, só dava pra colocar 12 fotos no orkut, então tinha que ter outro lugar pra compartilhar ~co zamigo~. No início, câmeras digitais eram absurdamente caras e as fotos de scanner nunca ficavam boas, então as fotos que iam pro FLOG eram tiradas com a WEBcam (não consigo descrever a qualidade das fotos, mas era algo abaixo de péssimo). Tive meus fotologs em vários sites, mas o mais cobiçado de todos era o do Fotolog.net (que hoje em dia é .com), que "distribuía" acessos gratuitos limitados, e começava à meia-noite de alguma cidade do mundo que coincidia com algo em torno de 4h da madrugada no Brasil. O limite acabava em menos de 5 minutos e era bem complicado de conseguir, já que tinha um monte de gente tentando pegar e sempre congestionava o o site. Mesmo com tantas dificuldades eu tive vários. Sempre deletava algum e fazia um novo… Os comentários eram limitados a 10 por usuário gratuito e 100 para os usuários premium  (tinha gente que pagava pra ter um fotolog o.O). Na minha época mais "famosinha" eu copiava todos os comentários, apagava e colava todos juntos em um só, assim sempre conseguia muitos além dos 10 permitidos… O meu último, que criei em 2007, ainda está ativo e eu coloquei fotos esporádicas nele até 2012 (pois é, só dava eu usando o fotolog! hauahauha)! Se tá curioso, o endereço é fotolog.com/milamartins (anterior a esse eu tive o /pinkynha; /pink_millaa; /naughty_girl; /naughtymilla… o mesmo padrão serve para e-mails hauahauh). Tenho um do Terra ainda ativo também, muito mais antigo mas também muito mais vergonhoso, esse eu prefiro manter em sigilo! hauahua
E pra finalizar, deixo uma foto do meu desktop antigo e uma bagunça básica de estudos atrasados. Pelas fotos dos porta-retratos e do protetor de tela, imagino que seja de 2007.

UAU! Escrever tudo isso me fez rir MUITO aqui!!! É muito engraçado lembrar dessas coisas que hoje parecem tão absurdas, mas que já foram reais e na época não pareciam ser nada demais.

E você, chegou a usar a internet discada? Qual sua lembrança mais marcante ou qual a coisa que acha mais esquisita quando lê a respeito?
#beda – Blog Every Day in August
Piscina + sol + céu azul = Férias de Verão!
E se eu fosse uma celebridade?

Caixa de Correio#2 – Maio/2014

A última (e primeira) Caixa de Correio que fiz, foi dos livros que chegaram pra minha estante em Dezembro de 2013! Desde lá vários outros chegaram, mas eu nunca mais fiz post a respeito, super falha minha! =/
Adoro ver esses posts pelos blogs afora, então vou me esforçar pra fazer em todos os meses em que chegarem livros novos 🙂
Maio foi o mês do meu aniversário, por isso tem presentes aí no meio. Vou falar um pouco sobre cada livro, assim como fiz no post passado.

Na foto eles não estão em ordem de recebimento, mas vou fazer a listagem conforme a disposição na foto, assim fica mais fácil de identificar.

1. Resposta Certa (David Nicholls): Esse foi o primeiro livro que comprei no mês, justamente no dia 1º. Fui ao cinema e quando saí vi que tinha uma feira de livros lá no shopping… Claro que fui xeretar, mas estava tudo tão caro! O único livro barato que vi e que me interessou foi esse. Comprei =D

2. Os deixados para trás (Tom Perrota): Comprei porque vi um twitter da Intrínseca falando sobre a estréia da série de TV que a HBO fez inspirada nesse livro. Como sou viciada em Game of Thrones, parti do princípio de que a HBO não brinca em serviço e fiquei com vontade de ler. Comprei e já li. Adorei! Farei a resenha em breve 🙂
3. A Garota que eu quero (Markus Zusac): Esse foi o último a chegar. Troquei no Skoob (livro x livro) pelo meu último da série Querido Diário Otário. Eu tinha a série completa e fui trocando todos pelo Skoob, já que não ia ler (li uns pedaços e apesar de engraçadinho, não tive paciência pra continuar a leitura – assim como O Diário de um Banana). Já tinha muito tempo que tinha feito minhas últimas trocas, mas estava sobrando o volume 10, então fui atrás de pessoas que o desejavam pra ver suas listas de troca. Achei uma moça que o queria e tinha esse pra trocar, mesmo não o querendo tanto assim (depois da leitura de O Mensageiro – resenha aqui – eu desanimei com o Zusac) eu o preferia ao QDO… Troquei 🙂
4, 5 e 6. Coração de Tinta, Sangue de Tinta e Morte de Tinta (Cornelia Funke): Esses eu ganhei de presente de aniversário (2 de maio o/) da minha amiga Marylin. Na verdade eles chegaram no fim de Abril, mas eu não abri o pacote, já que pelo nome do destinatário eu já sabia que se tratava de uma gracinha da Marylin (estava destinado à Camila Tatiane, e ela sabe que eu detesto a composição do meu nome – simplesmente não combina, mãe! – e ela me chama assim pra me pirraçar. Como eu tinha feito uma lista de presentes pra facilitar a vida dela (sim, sou folgada hauahauhauh), soube na hora que se tratava de um deles. Segurei minha ansiedade e esperei pra abrir só no dia do meu aniversário e adorei ter esperado. Estou louca pra lê-los e vou começar assim que terminar de ler As Crônicas de Gelo e Fogo. Obrigada, amorzinha!!! <3
7. O Cavaleiro dos Sete Reinos (George R. R. Martin): O Arthur estava viajando a trabalho no meu aniversário, então em nome dele, no dia 02, fui até a Americanas Express aqui perto de casa e comprei esse livro como presente 😛 haahuhua. É minha próxima leitura 🙂

8. A Dança dos Dragões (George R. R. Martin): Já falei isso no post anterior e repito: estou na metade da leitura desse livro e já estou deprimida. Com certeza ele "acabará inacabado" como todos os outros 4, só que o sexto ainda não foi publicado. Como viverei? Como conseguirei dormir à noite? Não tenho respostas para essas questões. A Eva do blog Falando de Livros comentou (no post que eu já havia falado sobre esse medo do fim) que o melhor a fazer é economizar na leitura… Tô tentando! Mas ainda acabarei bem antes do próximo volume ser publicado 🙁
Comprei ele na Americana Express também.

Gostaram dos meus novos amores? Se já leu algum desses, comenta e me fala o que achou 🙂

Beijooo!!!

Planner Realize 2018 – Ateliê Donna Rita
Redken Curvaceous – No Foam (Shampoo / Co-wash) e Ringlet (Finalizador / Definidor de Cachos)
Meu Planner 2017 – Loja Donna Rita

Meus Devaneios…

(Não sei de quem é essa foto, apenas a achei no Google Imagens procurando por "outono")
O outono é ou não é a estação do ano mais linda? Eu adoro! Mesmo não tendo todo esse marrom-vermelho-laranja-amarelo que tem nos outonos do hemisfério norte e o nosso outono ser bem mais verde, acho lindo e amo. Adoro os dias com temperaturas mais frescas e o friozinho da noite.
Sei que o blog está com jeitinho de início de abandono – nem tanto pelas postagens, apesar dos 11 dias sem novidades, mas muito mais pela falta de resposta nos comentários e principalmente pela falta de visitas e comentários aos blogs que adoro e sempre estou lendo – mas não é nada disso. Como já disse antes, eu adoro escrever para o blog, e para mim é uma terapia. O problema nos últimos dias é a falta de tempo, já que o semestre letivo está acabando e como eu não fui nenhuma CDF da turma, acabo ficando desesperada por nota e pela bondade dos professores em abonarem meu excesso de faltas… É loucura e estresse garantidos!
Minhas férias começam na próxima sexta-feira, mas não totalmente. Com a greve que os professores estaduais fizeram no meio do semestre, ficaram várias reposições para serem feitas e elas foram colocadas nas férias. Felizmente poucos professores meus aderiram, então não terei aula todos os dias, mas apenas 3 dias na semana, por quase todo o recesso =/

As leituras foram deixadas um pouco de lado nesse último mês, mas não totalmente. Terminei de ler O Festim dos Corvos (quarto livro de As Crônicas de Gelo e Fogo); li Os Deixados para trás – que vai estrear série na HBO no fim de junho, baseada nele, chamada The Leftovers – adorei e pretendo resenhá-lo em breve; e comecei a ler A Dança dos Dragões (quinto e último livro publicado de As Crônicas de Gelo e Fogo) e preciso dizer que estou na metade e já comecei a entrar em depressão pelo sexto livro ainda não ter sido publicado. Provavelmente vou entrar pro clube dos malucos que atormentam o George R. R. Martin pela publicação do bendito (hauahua). Quero resenhar todos os livros da série, mas o farei com mais cuidado, já que quando releio a minha resenha de A Guerra dos Tronos vejo que deixei de falar muita que gostaria de ter falado.

Também entrei em um grupo de um projeto fotográfico, o 6 on 6 – pra quem não conhece, trata-se de um projeto onde posta-se 6 fotos todo dia 6 de cada mês – e estou super animada, pois sempre adorei ver as fotos desses projetos… Em junho (bem no dia 06 do mês 06, só pra ficar mais redondinho ainda hauahua) vou começar o/. O grupo que entrei tem mais de 20 blogs participando. O tema das fotografias varia entre livre e temas pré-definidos… #Chegalogodia6!!!

Estou cheia de ideias pra arrumar o layout nas férias, mas não prometo, já que depende de mais do que tempo… Vamos ver se consigo…

Enfim, obrigado à todos que mesmo no semi-abandono não deixaram de visitar o blog 🙂

Um beijo!!!

 

14 fotos de 2014 & 15 coisas para 2015
Sobre o My English Online (e o meu diário em inglês)
Sobre fazer acontecer…

Feliz Aniversário, Melman!!!

Dois anos pode ser muito ou pouco tempo. Tudo depende, é relativo.
"São só dois anos, passa voando!" ou "Mas só daqui dois anos? Não posso esperar.". É difícil mensurar a importância do tempo. Dois anos pra quê?
Pra mudar de vida? Ou apenas mais um passo na rotina de sempre?
Variavelmente, a resposta muda de acordo com o propósito da espera.
Há dois anos eu não podia imaginar que a estrelinha mais brilhante do mundo viveria junto comigo, alegrando os meus melhores dias e fazendo os piores não serem tão ruins assim. Em dois anos tudo mudou, quando ele chegou e trouxe mais sorrisos para nossas vidas. Faz dois anos, mas parece que faz parte da vida inteira.
Obrigada por existir, Melman! Obrigada por fazer parte da nossa família!
Feliz Aniversário, te amamos muito!!!
Melman (e Kiv) estrelando: O Dia do Cachorro
Passeio em Campos do Jordão
5 manias do Melman

O que todo mundo ama e eu odeio.

Olá, gente!!!
Estou sumida, tenho que fazer os dois últimos posts do Desafio 30 contos em 30 dias (que já terminei mas ainda não tive coragem de escrever). Estou SUPER cheia de coisas nesse fim de semestre e todo o meu tempo live estava sendo gasto com a conclusão da leitura do livro O Festim dos Corvos, que estava PEGANDO FOGO! hauahauah
Tenho uma prova super tensa e preciso estudar, e como o Arthur (meu marido lindo) está viajando a trabalho a mais de 15 dias e volta amanhã, não vou conseguir fazer no fim de semana, só matar a saudade (rss).

Enfim, vim fazer a blogagem coletiva do Rotaroots de maio. Adorei o tema  "O que todo mundo ama e eu odeio" e consegui definir bem rápido 4 coisas que todo mundo sempre me olha torto quando falo que não gosto, podem me olhar torto também, estou acostumada! hauahuauah

 

 Estrogonofe
Com toda a certeza do mundo, essa é a coisa com a qual as pessoas mais se espantam por eu não gostar. Sempre rola aquele bulling do tipo: "nossa, que fresca, não come nem estrogonofe???" e todo mundo se incomoda por eu não comer, simplesmente porque adoram eu não tenho o direto de passar mal até com o cheiro.
Por que eu não gosto? Detesto catchup, odeio creme de leite em comida salgada e não como champignon de jeito nenhum! Se eu for na sua casa e você fizer esse prato, não tem importância, eu adoro arroz com batata palha!
Bater perna no SHOPPING
Me odeiem, mas pra mim shopping não é lugar de passear. Quer comer algo? A praça de alimentação é ótima pra isso. Precisa comprar algo? O.K. o shopping tem todo tipo de loja. Quer ir ao cinema? Quase todo shopping tem cinema, bora!
Mas, por favor, não me chame pra ir dar uma volta no shopping. Não existe porquê nem pra quê! Tem um milhão de lugares muito mais adequados para isso, com natureza, ou exposições de arte, ou qualquer outro tipo de atração.
Inclusive, em vésperas de datas comerciais, não me chame pra ir ao shopping nem pra uma dessas coisas específicas, eu fujo!
Catchup, Mostarda e Maionese
Não consigo nem sentir o cheiro. Não como, de jeito nenhum! Nem por dinheiro. Várias vezes já comprei lanches para viagem e vieram com um dos três ou até os três juntos, não comi. Hoje já aprendi a lição, sempre inspeciono o lanche quando me entregam. Já escapei várias vezes de ficar sem comida rss…
TV aberta
Não é frescura, são princípios. Não adianta me falar que só assiste TV aberta porque não pode pagar assinatura de TV a cabo, é mentira! Conheço N pessoas que tem TV a cabo e assiste muito mais a aberta (meus pais, meu sogro, vários amigos), assim como conheço pessoas que não assistem nada – quando eu morava sozinha e não podia pagar, a TV simplesmente ficava desligada. O meu problema com as emissoras abertas é o sensacionalismo (lógico que também existe em canais fechados, mas não são em todos os programas, tem mais opções pra selecionar). Algum tempo atrás eu gostava de ver o Vai das Namoro, no programa do Rodrigo Faro, quando passava antes do programa do Marcos Mion – que eu também assistia. Acabei parando de assistir pois os dois programas foram se tornando mais apelativos a cada sábado até que não dava mais pra ver. O mesmo aconteceu com CQC, um programa que eu adorava e perdeu toda a graça depois que começaram a querer chamar muita atenção. Gosto muito do Danilo Gentili e ainda não vi o programa dele (passa tarde demais e estudo de manhã), talvez seja bom, não sei. Não quero generalizar, mas sempre que tento ver TV aberta fico com raiva.
Essas são as coisas que eu odeio e todo mundo ama. Espero que entendam meu ponto de vista e não me achem fresca (hauahuaha).
E você? Quais são as coisas que todo mundo ama e você odeia?
Beijoo!!!
#beda – Blog Every Day in August
Piscina + sol + céu azul = Férias de Verão!
E se eu fosse uma celebridade?
Página 27 de 31
«1 ...232425262728293031... 31››