Amantikir Garden – Campos do Jordão – SP

Em 17.08.2016   Arquivado em Fotografia, Lugares

Fazia tempo que eu queria conhecer o Amantikir Garden. Finalmente conheci e já faz quase dois meses, mas só agora vim compartilhar com vocês esse lugar maravilhoso. Egoísta, né?

O Amantikir é localizado em Campos do Jordão, em uma propriedade privada. O parque é um lugar maravilhoso para entrar em contato com a natureza. É composto por mais de vinte jardins, cada um inspirado em um país diferente.

Fiz muuuuuitas fotos, é claro, e vim compartilhar algumas com vocês. Não ficaram como eu queria, mas espero muito que gostem e consigam sentir um pouquinho da paz que senti quando estive lá.

É claro que tinham lavandas e é claro que eu fotografei todas! Essas estavam logo em frente ao primeiro jardim, o Patamares. Uma dica que preciso dar é: se atentem aos jardins. Logo que entrei, passei por uns três sem perceber que “já haviam começado”. Eu estava esperando uma área enorme para cada um deles, mas são pequenos (mas nem por isso menos belos).

Eu sou apaixonada por cactos e suculentas, então o jardim árido foi um dos meus preferidos. Fica logo no começo.

Tem uma estufa enorme por lá. Também faz parte do passeio conhecê-la. Eles não vendem nenhuma muda, todas as plantas cultivadas na estufa são utilizadas na manutenção dos jardins.

Quando eu estive visitando o parque, em junho, haviam dois filhotinhos de gatos muuuuito fofos, que sofreram demais nas minhas mãos! Me apaixonei por eles e se eu fosse uma pessoa muito malvada e egoísta, tinha roubado um pra mim! *___*

Nessa foto dá pra ver o labirinto, ao fundo, que é lindo e bem gostoso de “descobrir”. Também dá pra ver o espelho d’água e o jardim que tem uma lareira.

Detalhe do Jardim Japonês.

Maitacas sendo muito lindas enquanto comiam pinhão! Fiquei deslumbrada nessa cena e fiquei vários minutos admirando e fazendo várias fotos, até que elas voaram. Acho que estavam no Jardim Francês.

Pra finalizar a sessão de fotos, a minha foto preferida: que não poderia ser de outra coisa senão lavandas. Essas foram fotografadas no Lago das Pontes, que tem inspiração oriental.

Mais informações

Como falei no começo, o Amantikir é uma propriedade privada. A entrada não é gratuita e normalmente é cobrado o valor de R$30,00 por pessoa para visitar o parque. Estudantes, idosos e aposentados pagam meia entrada. De segunda a quinta-feira (exceto em feriados e período de férias escolares) tem desconto de R$5,00. Grupos acima de 10 pessoas, com agendamento prévio, pagam R$10,00 cada.

Localização: você pode encontrar o endereço, o mapa e outras informações sobre localização diretamente no site.

E para conhecer um pouco melhor o Amantikir, além de visitar o site oficial, eu os convido a ler esse post que a Tamara fez, com fotos maravilhosas e vários detalhes que não estão aqui.

Eu gostei muito do passeio e o recomendo a todos que visitarem Campos do Jordão. Talvez a entrada seja um pouco cara, mas não é um passeio que será feito todos os dias e é um lugar único. Vale muito a pena!

Snorkeling em Morro de São Paulo – BA

Em 04.02.2015   Arquivado em Lugares, Snorkeling

NOVATEK CAMERA

Não teria como deixar de falar aqui no blog sobre um dos meus assuntos preferidos no mundo: Snorkeling.

Eu AAAAAMO praia! E especialmente amo ficar olhando debaixo d’água na praia. Já tem mais ou menos um ano e meio que o Arthur e eu praticamos snorkeling e eu só me arrependo de não ter começado assim que nasci. Começamos por influência de um grande amigo nosso, o Felipe. OBRIGADA, FELIPE! 😀

Agora, sempre que queremos ir à praia, ela tem que ter peixes e água clara para ficarmos futricando o fundo do mar. Lá em Morro encontramos as duas coisas e agora vou mostrar pra vocês porque todo mundo deveria carregar máscara e snorkel pra praia!

NOVATEK CAMERACirurgião Azul – Primeira Praia

No primeiro dia que chegamos, assim que deixamos tudo no hotel, eu saí e fui conhecer as “profundezas” da praia que estávamos em frente, a Primeira Praia, e me deparei com esse peixinho azul lindo, que eu nunca tinha visto antes. Já foi o bastante pra não querer mais sair debaixo d’água. Em todos os outros 6 dias da viagem teve snorkeling. A Primeira praia é um ponto excelente. O paredão de pedra (de onde desce a Tirolesa) é cheio de vida.

NOVATEK CAMERA“Exército” de Sargentos – Quarta Praia

NOVATEK CAMERAPeixe donzela sorrindo pra foto (na verdade estava atacando a câmera hauahau) – Quarta Praia

NOVATEK CAMERACardume de paratis e dois borboletas embaixo – Quarta Praia

NOVATEK CAMERAQuarta Praia

NOVATEK CAMERADupla de borboletas – Quarta Praia

NOVATEK CAMERALinguado – Quarta Praia

Outra praia que fomos várias vezes para ver os peixinhos foi a Quarta Praia. Lá se formam várias piscininhas naturais quando a maré está baixa e dá pra ver muuuuito peixinho. O mais legal que vimos lá foi esse linguado da foto acima, eu afundei pra ver um outro peixinho e acabei “esbarrando” com ele que estava camuflado na areia.

NOVATEK CAMERABudião arara – Ilha do Caitá

NOVATEK CAMERAPeixinho borboleta – Ilha do Caitá

NOVATEK CAMERAO Arthur levantando pedras do fundo para os peixinhos irem comer o que tinha embaixo.

NOVATEK CAMERAPeixe borboleta que persegui (e essa foto é a minha preferida!) – Ilha do Caitá

Com certeza se me perguntarem qual é o melhor lugar para fazer snorkeling em Morro de São Paulo eu responderei que é a Ilha do Caitá. Antes de irmos pra lá estávamos tentando fazer nas pedras que dividem a Primeira e a Segunda praia, mas a água estava extremamente turva e não dava pra ver nada a mais de 40cm de distância. Fomos pra Ilha do Caitá pois nos disseram que estava melhor, mas eu não imaginava que estaria tão perfeito! A água lá estava super clara e o lugar é lotado de peixes! Vimos vários peixes enormes e o melhor: eles são super tranquilos, não se amedrontam e ainda vem comer coisas se você levanta uma pedra do fundo (dá pra ver no vídeo que está no fim do post). Infelizmente só fomos uma vez (íamos voltar pra casa no sábado e só conhecemos a ilha na sexta). Pra chegar lá alugamos caiaques e pagamos R$15,00 por pessoa, ficamos lá por uma hora e meia. Mas não é muito distante e dá pra chegar nadando se quiser economizar ou não gostar de remar. Fica em frente a Terceira Praia.

NOVATEK CAMERASalema – Prainha do Forte

Uma outra prainha linda que conhecemos foi a Prainha do Forte. A avistamos do Mirante do Farol e fomos conhecer no dia seguinte. O lugar é maravilhoso, uma pena que quando fomos a água estava turva. Não vi muitos peixes por lá, mas encontrei com esse salema da foto acima. Adoro esse peixinho, vira e mexe encontro dele em Ubatuba.

snorkeling 04Eu sendo “peixa” na Quarta Praia 😀

O equipamento básico para a prática de snorkeling é apenas a máscara e o snorkel (tubinho por onde você vai respirar). O kit com os dois custa em média R$100,00 e compensa muito comprar se você sempre vai à praia ou vai ficar em alguma praia paradisíaca por um período longo. Se suas idas são esporádicas e você só vai praticar o mergulho livre por um ou dois dias, pode optar por alugar. O preço cobrado para aluguel é entre R$15,00 e R$20,00 por um dia com o equipamento.

A nadadeira é opcional, mas ajuda muito. Ela te dá velocidade e faz com que se canse menos por precisar de menos esforço para se movimentar na água. Paguei R$119,00 na minha. Imagino que o aluguel de uma deve ser o mesmo valor do kit com máscara e snorkel

Eu também uso uma camiseta de lycra com fator de proteção solar 50, isto é, ela me protege 50 vezes mais do que se estivesse sem e como sempre que entro na água eu fico por horas, acaba sendo bem importante ter uma. Paguei R$39,90 nessa preta da foto.

Momentos snorkeling do vídeo: Prainha do Forte – dos 5:55″ até 6:50″ | Ilha do Caitá- 10:45″ até 13:20″

No Vlog de Morro de São Paulo tem alguns momentos do nosso snorkeling 🙂

Enfim, essa foi a minha experiência com máscara e snorkel na maravilhosa ilha baiana Morro de São Paulo. Como vocês viram, foi tudo maravilhoso e se você nunca praticou snorkeling, deveria experimentar algum dia, é uma experiência incrível! O post ficou enorme, mas é porque eu realmente queria compartilhar toda essa beleza com vocês.

As fotos não ficaram excelentes, pois além da câmera ser bem básica (usei a SJ4000 e ela é mais voltada para vídeos do que para fotos) é muito difícil tirar fotos debaixo d’água! Mas eu sigo praticando e melhorando. Espero que tenham gostado 🙂

Preciso agradecer novamente ao Felipe, que deu uma luz no facebook para que eu nomeasse os peixinhos (que até então estavam sendo chamados de “peixinho lindinho/bonitinho/que não conheço”  hauahuahauh). Obrigada, Cotinha! <3

Me conta o que achou nos comentários? Já mergulhou ou fez snorkeling? Gostou? Tem vontade de experimentar? Vamos papear!

Piscina + sol + céu azul = Férias de Verão!

Em 31.01.2015   Arquivado em Lugares, Rotaroots

Castelo Parque Aquático 03ALERTA: Esse post contém fotos pessoais de pessoas comuns em momentos espontâneos de felicidade.

Eu pensei meio milhão de vezes em postar essas fotos aqui. Mas a minha vida comum e cotidiana com certeza não é o centro de interesse de mais ninguém além de mim mesma (e das pessoas que amo e me amam, claro).  Acabei não colocando. Aí veio o Rotaroots e  saciou minha vontade com o projeto fotográfico desse mês: férias de verão <3

Do fim do ano passado até o comecinho desse ano, nós fomos pra casa dos meus pais, em Sorocaba (interior de São Paulo) e passamos bastante tempo com o Caio, meu irmãozinho mais novo. Saímos só nós três várias vezes pois meus pais tinham outros compromissos. Em um desses passeios, fomos ao Castelo Parque Aquático, que fica a uns 50 km de Sorocaba.

Castelo Parque Aquático 01 Castelo Parque Aquático 02 Castelo Parque Aquático 04 Castelo Parque Aquático 05 Castelo Parque Aquático 06 Castelo Parque Aquático 07 Castelo Parque Aquático 08E essas são as minhas memórias desse dia super a cara do Verão! São fotos bem amadoras, com nada de especial além da nossa felicidade, mas isso já basta para que eu as ame <3

Tive vários outros momentos incríveis nessas férias (incluindo a viagem maravilhosa), mas acabei escolhendo só esse passeio, já que quis postar todas essas fotos. hauahuaahu

A câmera que usei foi uma gopobre a SJ4000, que tem uma caixa estanque à prova d’água – a mesma que usei nas partes aquática do vídeo de Morro de São Paulo.

Espero que gostem das fotos e não me julguem pelas banhinhas saindo pelos cantos do biquíni hauhauahuah.

Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Quer participar? Então faça parte do nosso grupo no Facebook e inscreva-se no Rotation.

Vlog: Morro de São Paulo

Em 10.12.2014   Arquivado em Lugares, Vídeos

Desde que marcamos a nossa viagem para Morro de São Paulo, assistimos MUITOS vídeos sobre o lugar. Sério mesmo, foram VÁRIOS! (Inclusive quando eu cheguei foi como se eu já conhecesse por lá, rss). E nesses vídeos (vários deles foram VLOGS), eu peguei várias dicas super legais. Por isso quando fomos viajar eu decidi tentar fazer um vlog também.

Como foi a minha primeira experiência, eu acabei deixando de filmar algum lugares – por esquecer mesmo – como a toca do morcego (apesar de ter feito o time-lapse lá, eu não filmei o lugar…), a Quarta Praia que é super linda, a área comercial ao lado da pousada, a parte de restaurantes da Segunda Praia…

Mas eu filmei várias coisas e copilei nesse vlog. E mesmo sem ter filmado tudo, ele ficou bem grandinho (quase 15 minutos).

Eu poderia estar roubando, assaltando, matando… Mas estou aqui, te pedindo 14 minutos e 51 segundos do seu dia, para conhecer junto comigo uma praia linda e paradisíaca, que fica na Bahia. 

Já aproveitando, vou colocar algumas fotos que fiz durante esses passeios.

Praia Cueira em Boipeba

(detalhe do) Bar Flutuante no Rio do Inferno

 

Cachorrinho lindo – que aparece no vídeo

 

Barcos parados no “Porto” de Morro

 

Arthur e eu lambuzados de argila, na Gamboa

 

Peixe borboleta que persegui na Ilha do Caitá

 

Espero que tenham gostado do vlog e por favor, deixem sugestões, críticas (construtivas de preferência, hauahua) e elogios nos comentários 😀

6 on 6 – Dezembro 2014

Em 07.12.2014   Arquivado em 6 on 6

Como se não bastasse eu não ter postado o 6 on 6 mês passado, esse mês – o último do ano – eu posto atrasada!

Realmente não consegui postar ontem. Cheguei super tarde e mega cansada da viagem (meu voo chegou em Campinas 17h e ainda tivemos uma maratona até chegar  aqui em São José dos Campos – quase 22h – saímos do hotel em Morro às 11:30!!!). Inclusive eu queria fazer esse post com as fotos do meu presente do nosso amigo secreto do grupo, mas não consegui. Farei um post separado =D

Hoje eu ainda tive compromisso pela manhã e quando cheguei desmaiei. Dormi por várias horas, quando acordei tava cheia de roupas pra estender, outras pra colocar pra lavar… Enfim, toda a correria pós viagem. E ainda vou ao mercado agora pois os armários e geladeira estão vazios! hauahau
E vamos parando com o drama, né? As fotos que escolhi foram da viagem, mas como ainda postarei muitas fotos de praia por aqui, escolhi as do pôr do sol, que inclusive ganhou time-lapse, de tão lindo. Todas as fotos estão sem edição – a segunda é a única que foi tirada no modo inteligente da câmera configurado para o pôr do sol e por isso está com a cor mais vibrante – e foram tiradas com a câmera WB350F da Samsung, minha pretinha básica… rsss

A última foto é do lugar onde as fotos foram feitas, a Toca do Morcego – um lugar projetado e ambientado especialmente para apreciar esse pôr do sol maravilhoso que é um espetáculo a parte lá em Morro de São Paulo.

Espero que gostem e me perdoem pelo atraso e pela falta de post do mês passado. Agora tudo voltará ao normal por aqui 🙂
Veja os outros blogs participantes do projeto aqui. E as fotos dos meses anteriores aqui.
*A câmera utilizada foi a Samsung WB350F*
Página 1 de 3123