Troquei meus livros por um Kindle

Em 19.10.2016   Arquivado em Blog, Destaque, Livros

Entre o meio de agosto e o começo de setembro, eu tomei uma decisão: iria me desfazer dos meus livros.

Tenho feito algumas mudanças na minha vida e entre elas está o consumo consciente aliado ao desapego do que eu não uso ou não me faz bem. De certa forma, os livros estavam se enquadrando nessas duas categorias. Eu não os usava, porque os que já li eu dificilmente lerei novamente e os que eu não havia lido estavam encaixotados, porque eu estou postergando a compra de uma estante desde que me mudei (em setembro do ano passado!). E era isso que estava me deixando angustiada com relação a eles: a falta de um lugar adequado para guardá-los e acessá-los sempre que eu quisesse.

Desde que comecei as minhas faxinas minimalistas, eu me desfiz de tantas coisas! E muitas delas eu achava que era muito apegada, que não poderia viver sem. Mas me senti tão feliz quando finalmente foram embora e liberaram espaço aqui em casa.

Com os livros não foi diferente. Eu nunca tinha pensado em me desfazer deles, mas desde que tomei a decisão foi uma coisa tão natural e eu me senti tão bem e leve! Eles foram embora e eu não chorei pela sua partida.

Nem todos se foram, eu admito. Mas hoje apenas doze ainda moram comigo. Menos de 10% do volume inicial! Ficaram apenas os que realmente tem sentido na minha vida. Estou orgulhosa e muito feliz!

Os livros foram substituídos pelo meu novo Kindle (um leitor digital – uma espécie de tablet que “só” serve para leitura) e a mudança foi um verdadeiro upgrade da minha vida de leitora! Tenho lido muito mais do que antes, porque agora em qualquer lugar que eu esteja, eu tenho não um livro, mas toda a minha biblioteca à minha disposição. Mesmo que o Kindle não esteja comigo – o que raramente acontece, pois o carrego na bolsa para todos os cantos – eu posso ler pelo aplicativo, no celular, que salva a página que parei no Kindle e tudo o mais.

Eu passei metade da vida como leitora de biblioteca. Pegava livros emprestados e depois os devolvia, com a satisfação de ter adicionado mais uma história na minha lista mental de livros lidos. Não sei porque passei a ver os livros mais como objetos do que como experiências.

Eu continuo amando livros físicos e posso perder horas admirando-os dentro de uma livraria, mas eu não preciso mais levá-los para casa, onde vão perder todo o seu brilho, encalhados na estante – ou ainda pior: dentro de uma caixa! E para os livros que eu realmente amar e quiser ter um exemplar todo em papel, lindo e reluzente, ainda tem um lugar separado aqui em casa e no meu coração!

Recomendo esse exercício para todo mundo. Não precisa se desfazer de toda a sua estante e nem mesmo comprar um Kindle. Mas repense todos os títulos que você guarda só para fazer volume, de obras que algumas vezes você nem gostou ou até mesmo nem leu e não pensa em ler. Não faz sentido manter essas histórias aprisionadas. Venda, compre outros livros com o dinheiro e depois venda de novo. Troque por um livro que você quer mais do que aquele que já foi lido. Dê de presente para um amigo. Esqueça no ônibus para que outras pessoas possam lê-los. No fim, você também vai se sentir mais leve e feliz, pode acreditar!

Mas é claro que se você se sente muito bem e feliz como colecionador de livros, você não precisa fazer nada disso. Cada um sabe o que é melhor para si e não existe nenhuma forma certa ou errada de viver a vida! Essa experiência deu certo para mim e é algo em que eu acredito, mas não tem nenhum problema ter a opinião totalmente contrária à minha. :)

Se você se interessou um pouco mais pelo Kindle, em breve vou fazer um post contando a minha experiência com ele. :)

E você também pode deixar suas dúvidas a respeito ou a sua experiência com um e-reader aqui nos comentários. Vou adorar conversar sobre esse assunto!

  • Stephanie Ferreira

    Em 19.10.2016

    Eu passei a ler bem mais depois de comprei o Kindle, mas não consegui parar de comprar os físicos.. Ainda quero uma estante bonitona em casa, mas só compro quando a edição é importante, outros livros são tudo no kindle mesmo… Então a estante vai demorar pra lotar rsrs
    Beijão

    [Responda]

    Camila Martins

    Em 19.10.2016

    Ste, edições bonitas dos meus favoritos eu tbm desejo! *-* Mas só se for muito linda mesmo! To tentando diminuir o tanto de coisas que tenho que ficar arrastando comigo toda vez que me mudo! :P
    O Kindle tá virando meu melhor amigo! *-*

    [Responda]